Seguidores

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

É por Ti

Que o vento se veste
Na mansidão do olhar
São sons de violoncelo
Rasgando sinfonias
Embevecendo olhares
Estremecendo a frescura
Do teu canto
É por ti...
Que o fogo se ateia
No cintiliar de estrelas
Presas no teu olhar fixo.

1 comentário:

SentidoS disse...

Do verde o vento se adorna, trazendo no seu regaço um olhar da ilha do Sol, caloroso rochedo de areias claras em sossego, canto em afino na meiga vinha que floresce no penedo, amores de um sentido e paralisante olhar...

Beijo Sentido